Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
1

Entrevista à TVI precipitou demissão de secretário de Estado

Governante viu desmentida a sua versão sobre o papel que desempenhou na Raríssimas.
12 de Dezembro de 2017 às 17:51
Manuel Delgado, ex secretário de Estado da Saúde
Manuel delgado, secretário de estado da Saúde
Secretário de Estado da Saúde, Manuel Delgado
Manuel Delgado, ex secretário de Estado da Saúde
Manuel delgado, secretário de estado da Saúde
Secretário de Estado da Saúde, Manuel Delgado
Manuel Delgado, ex secretário de Estado da Saúde
Manuel delgado, secretário de estado da Saúde
Secretário de Estado da Saúde, Manuel Delgado
A demissão do secretário de Estado da Saúde Manuel Delgado terá sido precipitada por uma entrevista que o próprio concedeu esta terça-feira à TVI.

O canal de Queluz explica, pela voz da jornalista Ana Leal, que "o secretário de Estado tinha dito em comunicado, no seguimento da investigação que nunca tinha tido uma voz ativa, interferido na gestão ou tido conhecimento das dificuldades da Raríssimas e hoje [terça-feira] foi confrontado com documentos que o põem em xeque e que não corroboram o que tinha dito".

Lembre-se que o governante foi contratado pela Raríssimas como consultor externo com um ordenado de 3 mil euros mensais, antes de ingressar no Governo. No total, terá recebido cerca de 63 mil euros. Manuel Delgado negou ter tido conhecimento das práticas da direção da associação - que está a ser investigada por gastos abusivos da sua presidente e familiares.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)