Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
2

George Michael doou milhões de euros em segredo

Pessoas e instituições ajudadas pelo cantor revelam agora os atos de beneficência.
Pedro Zagacho Gonçalves(pedrogoncalves@cmjornal.pt) 26 de Dezembro de 2016 às 16:21
George Michael ajudou centenas de milhares de pessoas em todo o Mundo, sempre sob o véu do anonimato
George Michael ajudou centenas de milhares de pessoas em todo o Mundo, sempre sob o véu do anonimato
George Michael ajudou centenas de milhares de pessoas em todo o Mundo, sempre sob o véu do anonimato
George Michael ajudou centenas de milhares de pessoas em todo o Mundo, sempre sob o véu do anonimato
George Michael ajudou centenas de milhares de pessoas em todo o Mundo, sempre sob o véu do anonimato
George Michael ajudou centenas de milhares de pessoas em todo o Mundo, sempre sob o véu do anonimato
George Michael ajudou centenas de milhares de pessoas em todo o Mundo, sempre sob o véu do anonimato
George Michael ajudou centenas de milhares de pessoas em todo o Mundo, sempre sob o véu do anonimato
George Michael ajudou centenas de milhares de pessoas em todo o Mundo, sempre sob o véu do anonimato
George Michael ajudou centenas de milhares de pessoas em todo o Mundo, sempre sob o véu do anonimato
George Michael ajudou centenas de milhares de pessoas em todo o Mundo, sempre sob o véu do anonimato
George Michael ajudou centenas de milhares de pessoas em todo o Mundo, sempre sob o véu do anonimato

Os fãs e admiradores ficaram devastados com a morte de George Michael este domingo, dia de Natal, e têm agora mais histórias para se emocionar: nas redes sociais estão a começar a surgir vários relatos de doações milionárias feitas pelo cantor, que nunca quis que fossem reveladas.

As pessoas e instituições ajudadas por George Michael prometeram que nunca revelariam as doações secretas mas, agora, quebram o voto e em sentida homenagem elogiam a "excelente pessoa" que era o artista.

Conheça algumas das doações feitas

1 – Pagou os tratamentos e a fertilização in vitro a uma desconhecida: Richard Osman, apresentador da versão inglesa do ‘Pegar ou Largar’ (‘Deal or No Deal’) revelou que, após uma das concorrentes dizer que foi ao programa para poder pagar os tratamentos, recebeu um telefonema de George Michael que, sob anonimato, pagou todo o processo, estimado em mais de 17 mil euros.

2 – Doou 30 mil euros a uma desconhecida num café: Em resposta ao ‘tweet’ original de Osman, Vector Victoria contou que uma vez George Michael ofereceu cerca de 30 mil euros a uma mulher que estava desesperada com dívidas. A mulher estava a chorar num café que o cantor costumava frequentar. Ao pagar a conta, o cantor entregou um cheque à empregada e pediu-lhe que o desse à mulher que chorava.

3 – Trabalhava como voluntário num centro para sem-abrigo: Emilyne Mondo revelou nas redes sociais que, em segredo, George Michael era voluntário num centro local para sem-abrigo. "Ele ajudava o centro onde eu também sou voluntária. Nunca disse a ninguém, ele pedia a todos para que não contassem", escreveu.

4 – Era o principal filantropo de uma das maiores associações para crianças em risco no Reino Unido: Esther Rantzen, fundadora e presidente da Childline, uma das maiores associações para crianças em risco no Reino Unido, revelou que George Michael "doou milhões ao longo dos anos, ajudando centenas de milhares de crianças e jovens".

5 – Financiava sozinho várias associações de solidariedade locais: George Michael era um homem atento às necessidades da sua comunidade local. Kate Waugh diz no Twitter que uma amiga que trabalha numa pequena associação agradecia regularmente ao cantor "que todos os anos salvava a organização da bancarrota".

6 – Apoiava incondicionalmente as enfermeiras do sistema de saúde público: George Michael ficou destroçado com a morte da mãe, em 2007, vítima de cancro. No entanto, ficou profundamente agradecido às enfermeiras do serviço público de saúde inglês, que acompanharam, apoiaram e trataram da mãe. Quando Lesley Angold Panayiotou morreu, George Michael organizou um concerto exclusivo para as enfermeiras. Regularmente oferecia-lhes bilhetes para os lugares reservados na zona VIP da arena de Wembley.

7 – Doava grande parte dos direitos de autor das músicas: Todos os direitos sobre o single ‘Jesus to a Child’ foram entregues a instituições. Parte dos direitos de ‘Last Christmas’ também foram entregues a uma instituição que luta contra a fome na Etiópia e todos os lucros de ‘Don’t Let the Sun Go Down On Me’ reverteram para uma clínica de apoio aos doentes de VIH/sida e para a fundação infantil Rainbow Trust.

8 – Salvou o piano de John Lennon: Em 2000, George Michael pagou mais de 1,7 milhões a um colecionador para ficar com o piano em que John Lennon escreveu o mítico tema ‘Imagine’. Depois, sob anonimato, doou-o ao museu Beatles Story, em Liverpool, para que todos os apreciadores de música do mundo o pudessem ver.

Ver comentários