Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto

Vídeo emitido em Moçambique após decapitações no Norte já circulava na Internet

Lusa 31 de Maio de 2018 às 16:00

O vídeo emitido pela Televisão de Moçambique (TVM) de um grupo que teria reivindicado a decapitação de 10 pessoas no norte do país, no domingo, foi publicado na Internet em janeiro.

No mesmo vídeo, disponível no serviço YouTube, cinco pessoas armadas e de cara tapada reivindicam a autoria de ataques a Mocímboa da Praia, em outubro de 2017, na província de Cabo Delgado, ou seja, sete meses antes dos mais recentes homicídios.

Numa notícia sobre os crimes e Mocímboa, divulgada no Telejornal de quarta-feira, a TVM apresentou o grupo suspeito, dizendo "que já reivindicou o crime através de imagens chocantes", passando a exibir a mensagem - enquanto o rodapé indicava que 10 pessoas tinham sido decapitadas "por um grupo a monte que depois terá enviado um vídeo a reivindicar o crime".

Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)