Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
5

Da Vinci português será emprestado a França

Desenho vai ao Museu do Louvre para as celebrações dos 500 anos da morte do mestre.
Ana Maria Ribeiro 29 de Abril de 2019 às 01:30
Desenho do mestre renascentista é propriedade da Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto
Exposição que celebra o génio de Leonardo Da Vinci abre no Museu do Louvre, em Paris, no dia 24 de outubro
Museu do Louvre, em Paris
Desenho do mestre renascentista é propriedade da Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto
Exposição que celebra o génio de Leonardo Da Vinci abre no Museu do Louvre, em Paris, no dia 24 de outubro
Museu do Louvre, em Paris
Desenho do mestre renascentista é propriedade da Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto
Exposição que celebra o génio de Leonardo Da Vinci abre no Museu do Louvre, em Paris, no dia 24 de outubro
Museu do Louvre, em Paris
É a única obra de Leonardo Da Vinci em solo nacional, e no próximo outono viaja até França para as celebrações dos 500 anos da morte do mestre renascentista, no Museu do Louvre, em Paris.

O desenho ‘Rapariga Lavando os pés a uma Criança’ – datado de cerca de 1480 e que é propriedade da Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto (FBAUP) – vai assim figurar entre obras de Da Vinci tão famosas quanto ‘Mona Lisa’, ‘A Virgem e Santa Ana’ e ‘São João Baptista’.

Não é a primeira vez que esta obra sai da FBAUP, por empréstimo. A nível internacional foi exibida no Museu de Teyler, em Haarlem, na Holanda; e por cá foi uma das peças que integrou, há dois anos, a exposição ‘Madonna – Tesouros dos Museus do Vaticano’, do Museu Nacional de Arte Antiga, em Lisboa.

A exposição do Louvre inaugura a 24 de outubro, mas para se ter acesso à coleção de obras de Da Vinci, que ficará exposta no Hall Napoléon, será preciso reservar os bilhetes com antecedência, já que o museu quer controlar o número de visitantes naquela sala.

No início do ano, o governo italiano anunciou que não ia autorizar o empréstimo de obras para França, já que tenciona organizar as suas próprias celebrações. 

PORMENORES 
Autenticidade confirmada
Em 1965 foi sugerido que o desenho da FBAUP era de Da Vinci. A confirmação chegou em 1977, quando o original foi examinado por especialistas.

Louvre tem maior coleção
O pintor italiano morreu em Ambroise, em França, em 1519. O facto justifica que o Museu do Louvre seja detentor de quase um terço das obras do artista.

‘Salvador’ é uma incógnita
Em 2017 foi vendido pelo preço recorde de 401 milhões de euros a tela ‘Salvator Mundi’, cuja autenticidade foi questionada. Paradeiro da obra é incerto.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)