Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
9

Óscares: A tradição já não é o que era

‘Parasitas’, do sul-coreano Bong Joon-ho, concorre com seis nomeações. Muitos dos filmes só podem ser vistos através do streaming.
Sónia Dias 14 de Janeiro de 2020 às 08:50
Joaquim Phoenix
Joaquim Phoenix FOTO: Direitos Reservados
A 92.ª edição do Óscares vai ficar marcada por uma guerra entre os estúdios cinematográficos de Hollywood e plataformas digitais como a Netflix, que este ano lidera com 24 nomeações.

Pela primeira vez, alguns dos títulos indicados para melhor filme - como ‘O Irlandês’ e ‘Marriage Story’ - nem passaram pelas salas de cinema portuguesas e apenas podem ser vistos em streaming.

Por outro lado, temos ‘Parasitas’, o filme sul-coreano que está a fazer história. Nomeada para seis galardões, a obra de Bong Joon-ho integra as categorias de melhor filme e melhor filme internacional, algo inédito para uma película asiática.

‘Joker’, de Todd Phillips, lidera a corrida com onze nomeações - incluindo melhor filme e melhor ator (Joaquin Phoenix) - seguido de ‘O Irlandês’, de Martin Scorsese, ‘1917’, de Sam Mendes, e ‘Era uma vez em... Hollywood’, de Quentin Tarantino, todos eles com dez. Na categoria principal juntam-se ainda ‘Marriage Story’, ‘Le Mans ‘66: O Duelo’, ‘Jojo Rabbit’ e ‘Mulherzinhas’.

Scarlett Johansson está indicada nas categorias de melhor atriz (‘Marriage Story’) e melhor atriz secundária (‘Jojo Rabbit’), o que é também bastante incomum. Em ‘O Irlandês’, Robert De Niro ficou fora da corrida, dando lugar apenas aos colegas Al Pacino e Joe Pesci.

Os vencedores são conhecidos dia 9 de fevereiro, numa cerimónia em Los Angeles, EUA.

Gala das estrelas vai continuar sem apresentador
À semelhança do que aconteceu no ano passado, a cerimónia de entrega dos Óscares da Academia de Hollywood, que terá lugar dia 9 de fevereiro no Dolby Theater, em Los Angeles, não terá apresentador.

Os candidatos
‘Parasitas’
Filme sul-coreano assinado por Bong Joon-ho está nomeado para seis estatuetas douradas, incluindo melhor filme e melhor filme internacional. Pode ser uma das surpresas da noite.

‘Joker’
Se tudo correr como previsto, Joaquin Phoenix deverá ganhar o tão desejado galardão.

‘Era uma vez em... hollywood’
Brad Pitt e Leonardo DiCaprio estão nomeados ao Óscar pelo seu desempenho no filme de Tarantino.

‘Marriage story’
Desempenho de Adam Driver e Scarlett Johansson em filme da Netflix valeu-lhes indicações nas principais categorias de atores.

‘Le mans ‘66: o duelo’
Christian Bale e Matt Damon, que protagonizam o filme, ficaram de fora das principais categorias.

‘O irlandês’
Al Pacino e Joe Pesci estão nomeados na categoria de melhor ator secundário. Robert De Niro ficou fora.

‘1917’
Filme do lusodescendente Sam Mendes é um dos favoritos e domina nas categorias técnicas.

‘Mulherzinhas’
Nova versão do romance de Louisa May Alcott não passou despercebida, mas deixou de fora a realizadora, Greta Gerwig.

‘Jojo Rabbit’
Sátira do neozelandês Taika Waititi conta a história de um menino que tem Adolf Hitler como amigo imaginário.

‘O Caso Richard Jewell’
‘O Caso de Richard Jewell’, o mais recente trabalho de Clint Eastwood, conseguiu apenas uma nomeação, a de Kathy Bates, na categoria de melhor atriz secundária.

‘Dor e glória’
Aos 59 anos, o espanhol Antonio Banderas conquistou a primeira nomeação para os Óscares com ‘Dor e Glória’, uma semiautobiografia de Pedro Almodóvar.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)