Frederico Varandas esquece expulsão de Bruno de Carvalho

Nota de culpa enviada em agosto ainda está em fase de resposta por parte do presidente destituído. Testemunhas vão ser ouvidas.
Por Tânia Laranjo|10.11.18
Dois meses depois de Bruno de Carvalho ter recebido a nota de culpa no processo em que era proposta a sua expulsão, a direção de Frederico Varandas ‘congelou’ a ação disciplinar. Estão ainda a ser aceites novas testemunhas de defesa e o afastamento do ex-dirigente verde-e-branco não será discutido na próxima assembleia geral.

A situação está a criar um clima de tensão entre a atual direção e a comissão de gestão - que teve a seu cargo os difíceis dossiers num período em que o Sporting vivia uma crise interna sem precedentes.

Na próxima assembleia geral vai apenas ser discutida a proposta de suspensão por um ano - decidida antes das eleições e o motivo, aliás, que impediu Bruno Carvalho de se candidatar à presidência do clube.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!