Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
4

UEFA quer valorizar futebol feminino e duplicar número de atletas até 2024

Documento denominado "Tempo de Ação" pretende mudar mentalidades.
17 de Maio de 2019 às 12:41
Símbolo da UEFA
UEFA
Símbolo da UEFA
UEFA
Símbolo da UEFA
UEFA
A UEFA lançou esta sexta-feira um programa a cinco anos para valorizar o futebol feminino, pretendendo duplicar o número de atletas federadas para 2,5 milhões entre os seus 55 países membros.

Numa altura em que o futebol feminino está a ganhar terreno no desporto europeu e mundial, o documento estratégico, denominado Tempo de Ação, pretende mudar também mentalidades.

"Todas as raparigas devem sentir que jogar futebol é a coisa mais normal do mundo, seja por diversão ou porque quer ser campeã do mundo", explica a responsável da UEFA Nadine Kessler.

Entre 07 de junho e 07 de julho disputa-se o Mundial de França, numa altura em que se batem recordes de assistência em Espanha e Itália e a UEFA conseguiu o primeiro patrocinador interessado especificamente no futebol feminino.

"É o acordo que todos desejam, importante para o respeito e segurança a longo prazo", referiu a alemã, referindo-se à parceria com um cartão de crédito de pagamentos internacionais, válido até 2025.

A UEFA, que no sábado organiza da final da Liga dos Campeões, entre FC Barcelona e Lyon, entende que o futebol feminino deve ser "forte, inclusivo, divertido e inspirador".
UEFA Itália Espanha Espanha desporto futebol
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)