Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
3

Vanderlei Luxemburgo suspenso

O treinador da equipa de futebol brasileira Santos, Vanderlei Luxemburgo, foi suspenso por um período de 60 dias, punido por ter feito um comentário sobre a orientação sexual de um árbitro.
25 de Abril de 2006 às 14:05
A sanção ao antigo seleccionador brasileiro e ex-técnico do Real Madrid foi decidida pelo Tribunal de Justiça Desportiva na sequência de uma queixa apresentada pelo árbitro Rodrigo Martins Cintra.
O caso que levou a determinar esta punição remonta a 2 de Abril, por ocasião do jogo para o campeonato paulista entre as equipas do Santos e do São Paulo.
Após a derrota da sua equipa por 1-3, o treinador afirmou que Rodrigo Martins Cintra tinha olhado para ele durante todo o jogo e questionou as opções sexuais do árbitro.
“Ele apitava e olhava para mim em toda a falta que apontava. Não parava de olhar. Eu não sou veado. Talvez seja pela cor da minha camisa (cor-de-rosa)”, afirmou na altura.
Apesar de ter chegado a pedir desculpa ao árbitro pelas suas declarações, justificando que se destinavam a desviar as atenções da derrota sofrida pela sua equipa, Vanderlei não conseguiu evitar a punição.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)