Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
8

Borja dá vitória e pódio ao Sporting na Liga NOS

Leões sofreram para vencer o Marítimo, num jogo que marcou a estreia de Sporar.
Mário Figueiredo 28 de Janeiro de 2020 às 08:55
Sporting - Marítimo
Sporting - Marítimo
Sporting - Marítimo
Sporting - Marítimo
Sporting - Marítimo
Sporting - Marítimo
Sporting - Marítimo
Sporting - Marítimo
Sporting - Marítimo
Sporting - Marítimo
Sporting - Marítimo
Sporting - Marítimo
Sporting - Marítimo
Sporting - Marítimo
Sporting - Marítimo

Um golo de Borja permitiu ao Sporting vencer o Marítimo e ascender ao terceiro lugar da Liga, num jogo que pode ter marcado a despedida de Bruno Fernandes e assinalou a estreia, sem brilho, de Sporar.

Jorge Silas recuperou Jesé, que não tinha sido convocado nos dois últimos jogos, dando-lhe a titularidade, numa equipa em que Neto substituiu o castigado Mathieu e Borja alinhou no lugar de Acuña.

Os leões entraram a dominar, mas sem impressionar. Um remate acrobático de Ristovski por cima da baliza animou as despidas bancadas de Alvalade. Contudo, a primeira contrariedade para os leões surgiu com a lesão de Luiz Phellype num lance normal. Saiu o brasileiro, entrou o reforço Sporar, que se mostrou com um remate cruzado defendido por Amir.

O lance mais bonito resultou num golo de Coates, mas acabou invalidado por um fora de jogo de 33 centímetros.

O maior fluxo ofensivo dos leões esbarrava em Zainadine, cortou tudo o que havia para cortar, ou nas mãos de Amir.

Os insulares foram acreditando e acabaram a primeira parte a criar muito perigo. Maximiano fez a defesa da noite a remate de Rodrigo Pinho.

Na segunda metade, os leões voltaram a marcar, mas o juiz anulou bem o golo a Camacho, por falta de... Sporar.

Bruno Fernandes, o mais inconformado, ainda tentou o golo, com uma bomba que bateu na trave. Jovane falhou uma emenda fácil ao segundo poste, mas o herói foi Borja, que marcou após assistência do cabo-verdiano.

ANÁLISE
Bruno Fernandes
O capitão leonino é um dos bons exemplos de Alvalade. Naquele que pode ter sido o último jogo pelo Sporting, voltou a demonstrar uma vontade enorme em ajudar a equipa. Humilde e voluntarioso batalhou, batalhou até à vitória final.

Jesé e Silas sem pedalada
O espanhol Jesé passou de não convocado a titular. O resultado foi o esperado. Uma nulidade. Mas as culpas não podem ser apenas atribuídas ao jogador. Jorge Silas tem de conseguir manter os jogadores motivados e prontos a jogar...

Dois golos anulados
Arbitragem difícil, mas bem auxiliada pelo vídeo-árbitro. Anulou dois golos ao Sporting, um a Coates, por um fora de jogo de 33 centímetros, outro a Camacho por falta de Sporar no lance. Mal no capítulo disciplinar. Ficaram muitos amarelos por mostrar.

Marítimo Borja Liga NOS Sporting Bruno Fernandes Sporar Amir desporto futebol
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)