Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
1

Fernando Gomes: "a FIFA não pode ficar como está"

A FPF revê-se nas declarações de Figo.
28 de Maio de 2015 às 19:04
O presidente da Federação Portuguesa de Futebol Fernando Gomes
O presidente da Federação Portuguesa de Futebol Fernando Gomes FOTO: Manuel Azevedo
O presidente da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), Fernando Gomes, afirmou esta quinta-feira que "a FIFA não pode ficar como está", na sequência do escândalo que abalou o organismo que superintende o futebol mundial.

"Portugal subscreveu uma candidatura alternativa à do atual presidente da FIFA. Acreditámos e continuamos a acreditar que Luís Figo tem todas as condições para dirigir uma grande organização como a FIFA", disse à agência Lusa o líder federativo.

De acordo com Fernando Gomes, a FPF revê-se nas declarações de Figo, que foi candidato à presidência da FIFA e depois renunciou, alegando que a eleição não era democrática.

"Revemo-nos naquilo que ele disse no momento em que denunciou o que entendeu denunciar. Os acontecimentos que se precipitaram nos últimos dias só reforçam o que Luís Figo afirmou. Não restem dúvidas. Foi ele quem sentiu na pele e teve a coragem de lutar e denunciar", frisou Fernando Gomes.

presidente da Federação Portuguesa de Futebol FPF Fernando Gomes FIFA Luís Figo
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)