Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
2

Sindicato dos Jogadores apoia jogador do Guimarães suspeito de corrupção

João Aurélio está sob suspeita de ter recebido pagamentos para facilitar vitória do Sporting.
16 de Maio de 2018 às 19:09
João Aurélio
João Aurélio
João Aurélio
João Aurélio
João Aurélio
João Aurélio
João Aurélio
João Aurélio
João Aurélio
O Sindicato dos Jogadores Profissionais de Futebol (SJPF) manifestou esta quarta-feira apoio ao jogador do Vitória de Guimarães João Aurélio, enaltecendo o "caráter do jogador enquanto pessoa e profissional".

"O Sindicato dos Jogadores manifesta o seu apoio ao associado João Aurélio. (...) Sem prejuízo de outros esclarecimentos, neste momento importa enaltecer o caráter do jogador enquanto pessoa e profissional e prestar-lhe, através do departamento jurídico do Sindicato, toda a assistência necessária", pode ler-se em comunicado hoje divulgado.

CM noticiou que há seis jogos do Sporting sob suspeita de corrupção nesta época, entre os quais a partida em que os 'leões' derrotaram os vimaranenses por 5-0, em agosto, no Estádio Dom Afonso Henriques.

A publicação noticia que houve intermediários a mando do clube 'verde e branco' que efetuaram um pagamento a João Aurélio, lateral-direito dos minhotos, para facilitar a vitória do Sporting.

A direção do clube vitoriano mostrou já "surpresa e estupefação" pela suspeita, realçando que é preciso resolver uma situação que põe em causa o "bom nome e a credibilidade de uma instituição quase centenária e que se orgulha de ser uma referência desportiva nacional".

"O Vitória Sport Clube repudia, de forma veemente, a prática de qualquer ato que prejudique a verdade desportiva e extrairá as devidas consequências junto de todo e qualquer agente desportivo que se venha a demonstrar ter praticado tais atos", refere a nota assinada pelo presidente do clube, Júlio Mendes.

Nono classificado na edição 2017/18 da I Liga, o clube exigiu ainda "uma rápida, enérgica e eficiente intervenção dos órgãos judiciais competentes" e "mostrou-se totalmente ao dispor para o que venha a ser entendido como necessário", uma vez que é o "principal interessado no apuramento da verdade".

O SJPF apelou ainda que seja respeitado "o segredo de justiça" na divulgação mediática" de outros casos em que foi tornado público o decurso de investigações criminais e visados, em concreto, profissionais de futebol".

O Sporting encontra-se atualmente sob investigação da PJ, que já levou à detenção do 'team manager' do clube, André Geraldes, mas também de Paulo Silva, suposto intermediário nos casos de alegada corrupção em jogos de andebol e futebol, e de João Gonçalves e Gonçalo Rodrigues, funcionário do clube.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)