Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
9

Vitória coloca Jesus atrás do vendedor de pipocas

"Lá para o nonagésimo está o treinador do Sporting", atirou.
Leonel Lopes Gomes 15 de Maio de 2016 às 21:42
“Nas minhas preocupações, vêm primeiro os meus jogadores e em 77º o vendedor de pipocas de uma festa que eu tive e só lá para 90º o treinador do Sporting", atirou Vitória
“Nas minhas preocupações, vêm primeiro os meus jogadores e em 77º o vendedor de pipocas de uma festa que eu tive e só lá para 90º o treinador do Sporting', atirou Vitória FOTO: Pedro Ferreira
O sorriso no rosto não enganava. Rui Vitória rejubilou com o título de campeão nacional de futebol que o Benfica conquistou este domingo. Em conferência de imprensa, o treinador dos tricampeões nacionais dedicou o título aos seus jogadores e não deixou de responder ao técnico do Sporting, Jorge Jesus.

"O ano inteiro perceberam que nós somos diferentes e que a minha forma de estar na vida é completamente diferente. A minha mente funciona dessa maneira. Nas minhas preocupações, vêm primeiro os meus jogadores, depois a minha família, as pessoas que nos ajudam nos pequenos-almoços, os meus colegas de trabalho antigos, aí em 20.º os professores das minhas filhas, em 77º o vendedor de pipocas de uma festa que eu tive e só lá para 90º o treinador do Sporting", atirou o timoneiro das águias, que de seguida ignorou as declarações de Jesus, que após o duelo entre Sp. Braga e Sporting afirmou que a melhor equipa do campeonato não foi a vencedora da prova.

"Não quero comentar, já chega, já expliquei a minha forma de pensar. No final ganhou a melhor equipa, porque nós percebemos o que tínhamos a fazer em cada jogo. Muitos de vocês não têm o conhecimento total do que é trabalhar com uma equipa uma época inteira. No final ganhou a melhor equipa, a que somou mais pontos", sublinhou o treinador, que não escondeu a emoção com a conquista.

"É uma satisfação imensa ser campeão por este clube"
"É uma satisfação imensa ser campeão por este clube, de ver os benfiquistas todos presentes e uma alegria imensa por poder partilhar esta vitória com todos os meus jogadores, staff de apoio e, em última e primeira instância, com o nosso presidente. É um sentimento de enorme alegria e é uma vitória de toda a gente", revelou.

O Benfica, versão 2015/2016, fez história ao terminar a competição com 88 pontos contabilizados.

"A questão dos recordes não me preocupa. Sinto uma satisfação imensa, uma alegria imensa por ser campeão por este clube e por ver os benfiquistas contentes. Uma alegria imensa por poder partilhar o título com todos os jogadores, equipa técnica e, em última instância e em primeira, com o nosso presidente. Esta vitória foi de toda a gente que trabalhou imenso durante o ano inteiro", finalizou.
Rui Vitória Benfica técnico do Sporting Jorge Jesus treinador do Sporting desporto futebol
Ver comentários