Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
9

Luís Costa garante sétimo diploma para Portugal no contrarrelógio dos Jogos Paralímpicos

Atleta, que compete numa handbike, conclui os 24 quilómetros da prova em 42 minutos.
Lusa 31 de Agosto de 2021 às 07:27
Luís Costa
Luís Costa FOTO: Direitos Reservados
O ciclista Luís Costa terminou esta terça-feira na sétima posição a prova de contrarrelógio H5 dos Jogos Paralímpicos Tóquio20202, garantindo o sétimo diploma para Portugal na competição, que decorre até domingo.

Luís Costa, que compete numa handbike, conclui os 24 quilómetros da prova, feitos em três voltas ao Autódromo Internacional de Fuji, em 42.42,18 minutos.

O holandês Mitch Valize, que cronometrou 38.12,94, sagrou-se campeão paralímpico, partilhando o pódio com o francês Loic Vergnaud (39.15,16) e com o irlandês Gary O'Reilly (39.36,36), medalhas de prata e bronze, respetivamente.

No contrarrelógio individual da classe C2, Telmo Pinão foi 11.º com o tempo de 41.56,90 minutos, no conjunto das três voltas, de oito quilómetros cada, ao autódromo de Fuji.

O australiano Darren Hicks conquistou a medalha de ouro, com 34.39,78, tendo o belga Ewoud Vromant (36.11,79), arrecadado a prata, e o francês Alexandre Leaute (37.07,16) o bronze.

Com várias provas ainda por disputar no sétimo dia de competição, Portugal soma uma medalha de bronze, conseguida por Miguel Monteiro na final do lançamento do peso F40, e sete diplomas.

Ver comentários