Barra Cofina

Correio da Manhã

Insólitos
2

Estudante mata ex-namorada e faz sexo com o cadáver

Jovem fez um relato chocante nas redes sociais sobre o crime.
24 de Janeiro de 2018 às 10:57
Jovem foi estrangulada, esfaqueada e abusada sexualmente pelo ex-namorado
Jovem foi estrangulada, esfaqueada e abusada sexualmente pelo ex-namorado
Jovem foi estrangulada, esfaqueada e abusada sexualmente pelo ex-namorado
Jovem foi estrangulada, esfaqueada e abusada sexualmente pelo ex-namorado
Jovem foi estrangulada, esfaqueada e abusada sexualmente pelo ex-namorado
Jovem foi estrangulada, esfaqueada e abusada sexualmente pelo ex-namorado
Um estudante russo, obcecado por sexo, fez um relato arrepiante de como matou e violou a ex-namorada.

Artyom Iskhakov, de 19 anos, contou aos pais da vítima que estrangulou a jovem, esfaqueou-a e depois fez sexo com o seu cadáver segundo avança o Daily Mail.

Depois de matar Tatiana Strakhova, o homem conta que foi comer uma sandes e depois voltou para junto do corpo para voltar a ter relações sexuais.

O homicida, de 19 anos, agiu por ciúmes da ex-namorada que estava a começar uma relação com um homem mais velho. "Fiz o que eu queria", explicou Artyom afirmando que sabia que a sua atitude era "terrível".

"Eu bati-lhe na cara e ela caiu para o chão. Apertei-a mais algumas vezes e o sangue começou a sair pela boca. Ela pediu-me para parar. Depois comecei a estrangulá-la. A certa altura, percebi que o coração dela continuava a bater", explica o jovem que acabou por usar uma faca para cortar a garganta da jovem.

Momentos depois do crime, o homem fez uma publicação no Facebook a relatar aos pais da jovem o que fez. "Desculpem tirar-vos a vossa única filha", escreveu. Iskhakov acabou por suicidar-se e escreveu, no final do texto, onde era possível encontrar os dois corpos.

A jovem estudava numa das mais prestigiadas universidades de Moscovo e mesmo depois de terminar a relação com Artyom, partilhava casa com ele. O último namorado que a rapariga levou à sua habitação foi Igor, de São Petersburgo.

A polícia está a investigar o caso.
Artyom Iskhakov Tatiana Strakhova Moscovo Artyom São Petersburgo questões sociais crime lei e justiça
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)