Barra Cofina

Correio da Manhã

Insólitos
2

Zoo atira pessoas em jaulas a leões famintos

Experiência inverte posições em parque da Nova Zelândia.
28 de Agosto de 2013 às 09:42
Visitantes podem estar a centímetros dos animais
Visitantes podem estar a centímetros dos animais FOTO: DR

Nem sempre os animais do jardim zoológico são mantidos atrás das grades de jaulas. Por vezes, são os humanos que ficam presos, ao passo que os animais circulam em liberdade. O Parque Selvagem de Orana, em Christchurch, Nova Zelândia, é um desses exemplos.

Por pouco mais de 17 euros, os visitantes do parque têm a possibilidade de ver os leões a serem alimentados no seu habitat natural, sem correrem o risco de eles próprios se tornarem nas presas destas feras.

Sempre no interior de uma jaula anexada a uma viatura, os visitantes podem estar a centímetros dos felinos.

"Tivemos visitantes que vieram de propósito a Christchurch de propósito para participarem na alimentação dos leões", referiu Nathan Hawke, porta-voz do parque.

O parque de Orana tem cerca de 80 hectares de área, onde podem ser vistos 400 animais de 70 espécies.

zoológico jardim parque selvagem animais jaula nova zelândia
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)