Bombas que retiravam água da gruta falharam e o pânico instalou-se nos momentos finais do resgate

Mergulhadores correram risco de vida enquanto retiravam o material.
12.07.18
As crianças e o treinador já estavam a salvo, mas os mergulhadores ainda trabalhavam para re
Pânico instalou-se nos momentos finais do resgate na Tailândia
tirar todo o material utilizado no resgate. O pânico instalou-se quando as bombas que retiravam a água da gruta falharam, na Tailândia.

A operação de resgate estava praticamente concluída mas ainda se encontravam cerca de 100 pessoas dentro da gruta. Quando o nível da água começou a subir drasticamente ouviram-se gritos e várias pessoas começaram a correr para conseguir sair com vida da caverna.

Três mergulhadores que estavam a participar no resgate e que se encontravam na câmara três da gruta (usada como base das operações dentro da caverna de Tham Luang) começaram a ouvir vários gritos e viram as lanternas a subir juntamente com o nível da água.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!