Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
5

Casal ignora teste positivo para a Covid-19, faz viagem de avião e acaba detido

Wesley Moribe e Courtney Peterson podem enfrentar até um ano de prisão e uma multa de 2 mil dólares.
Correio da Manhã 3 de Dezembro de 2020 às 16:48
Casal ignora teste positivo para a Covid-19, faz viagem de avião e acaba detido
Casal ignora teste positivo para a Covid-19, faz viagem de avião e acaba detido

Wesley Moribe e Courtney Peterson já sabiam que tinham testado positivo para o novo coronavírus, mas mesmo assim ignoraram todas as regras e apanharam um avião para casa, no Havai, nos Estados Unidos, juntamente com o filho de 4 anos. 

No Aeroporto Internacional de São Francisco, antes de embarcar, este casal tinha sido orientado pela estação de quarentena para se isolar e não apanhar qualquer avião. Wesley e Courtney ignoraram este pedido e embarcaram no Boeing 757 da United Airlines que os levou até ao Havai.

Depois de aterrar no aeroporto de Lihue, o casal foi imediatamente detido pela polícia de Kauai e enfrenta acusações por ter colocado em perigo os restantes passageiros do voo. Podem enfrentar até um ano de prisão e uma multa de 2 mil dólares, cerca de 1650 euros.

"Eles embarcaram intencionalmente num voo cientes dos seus resultados positivos ao teste de Covid-19, colocando os passageiros do voo em risco de morte", disse a porta-voz do Departamento de Polícia de Kauai, Coco Zickos, ao The Washington Post.

O casal já foi entretanto libertado após pagar uma fiança de 1000 dólares (cerca de 820 euros) cada, mas um porta-voz da United Airlines já fez saber que o casal não volta a voar com a referida companhia aérea, que também está a conduzir uma investigação sobre este incidente.

Covid-19 Wesley Moribe Courtney Peterson Havai United Airlines Estados Unidos aviação Coronavírus
Ver comentários