Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
8

Diretor de comunicação de Trump diz-se pronto para despedir para evitar fugas

Anthony Scaramucci abordou a polémica relacionada com Jeff Sessions, (equivalente a ministro da Justiça), que tem vindo a ser atacado pelo Presidente.
Lusa 25 de Julho de 2017 às 18:43
Anthony Scaramucci
Anthony Scaramucci
Anthony Scaramucci
Anthony Scaramucci
Anthony Scaramucci
Anthony Scaramucci
Anthony Scaramucci
Anthony Scaramucci
Anthony Scaramucci
O novo diretor de Comunicação da Casa Branca, recém-nomeado pelo Presidente Donald Trump, disse esta terça-feira que está preparado para "despedir toda a gente" para prevenir fugas de informação na administração norte-americana.

"Não estou a fazer uma investigação. Apenas vou fazer com que as fugas de informação parem", disse Anthony Scaramucci aos jornalistas.

"Ou param as fugas [de informação] ou são despedidos", sublinhou Scaramucci, dirigindo-se aos funcionários da nova administração de Donald Trump, que tem vindo a ser alvo de frequentes fugas de informação comprometedoras.

O novo diretor de comunicação escusou-se, porém, a comentar uma notícia do jornal online Politico de que estaria a planear despedir um adjunto para a imprensa. "É injusto comentar isso", disse apenas.

Trump nomeou Scaramucci na sexta-feira. O secretário de imprensa e porta-voz da Casa Branca Sean Spicer demitiu-se em protesto.

Anthony Scaramucci também abordou a polémica relacionada com o Procurador-Geral norte-americano, Jeff Sessions, (o equivalente a um ministro da Justiça), que tem vindo a ser atacado pelo próprio Presidente.

Sessions pediu escusa das investigações que o Departamento de Justiça está a fazer à interferência russa nas eleições presidenciais de novembro (e eventuais ligações à campanha de Trump), porque omitiu ao Congresso que também teve reuniões com representantes russos durante a campanha.

Sessions não quis dirigir uma investigação na qual também era um dos investigados, mas Trump criticou a sua decisão, considerando que a sua atitude não protegeu o Presidente da melhor maneira.

Scaramucci disse esta terça-feira que "em breve" vai haver uma decisão sobre Sessions.

"Em breve teremos um desfecho. Temos claramente um problema", reconheceu Scaramucci.
Ver comentários