Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
9

É seguro encomendar produtos chineses? DGS desvendou o mistério

Vírus não sobrevive em objetos durante muito tempo.
Correio da Manhã 14 de Fevereiro de 2020 às 12:23
Coronavírus
Coronavírus FOTO: Getty Images
O surto de coronavírus está a assustar toda a gente. Uma das grandes dúvidas era se é seguro encomendar produtos da China. A Direção Geral da Saúde desvendou o mistério e disse que o vírus não sobrevive em objetos durante longos períodos.

As pessoas que receberam encomendas ou cartas vindas da China não estão em risco de serem infetadas pelo novo vírus mortal.

De acordo com um estudo recente, o coronavírus pode sobreviver até cinco dias em materiais como papel, plástico e madeira. 

A OMS revela ainda que não há indicações de que os animais de estimação, como cães e gatos, possam ser infetados ou portadores do coronavírus. No entanto, deve sempre lavar as mãos depois de estar em contacto direto com animais domésticos para se proteger de outro tipo de doenças.
China Direção Geral da Saúde saúde OMS coronavírus objetos encomendas
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)