Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
7

Educadora de infância detida por sexo em grupo com menores

Mulher de 38 anos, que é mãe de duas crianças, desculpou-se dizendo que estava alcoolizada.
Pedro Zagacho Gonçalves 28 de Abril de 2017 às 16:46
Heather Robertson confessou ter tido sexo com pelo menos quatro menores
Heather Robertson confessou ter tido sexo com pelo menos quatro menores
Heather Robertson confessou ter tido sexo com pelo menos quatro menores
Heather Robertson confessou ter tido sexo com pelo menos quatro menores
Heather Robertson confessou ter tido sexo com pelo menos quatro menores
Heather Robertson confessou ter tido sexo com pelo menos quatro menores
Heather Robertson confessou ter tido sexo com pelo menos quatro menores
Heather Robertson confessou ter tido sexo com pelo menos quatro menores
Heather Robertson confessou ter tido sexo com pelo menos quatro menores
Heather Robertson confessou ter tido sexo com pelo menos quatro menores
Heather Robertson confessou ter tido sexo com pelo menos quatro menores
Heather Robertson confessou ter tido sexo com pelo menos quatro menores
Heather Robertson confessou ter tido sexo com pelo menos quatro menores
Heather Robertson confessou ter tido sexo com pelo menos quatro menores
Heather Robertson confessou ter tido sexo com pelo menos quatro menores

Uma educadora de infância, natural de Lufkin, no estado norte-americano do Texas, está acusada de manter relações sexuais com pelo menos quatro menores. Heather Robertson, que trabalhava também como professora assistente num liceu local, terá chegado a ter sexo em grupo com dois dos quatro estudantes de 16 anos abusados.

A mulher foi detida e aguarda julgamento. Heather terá aliciado os menores depois de trocar várias mensagens com os alunos na aplicação Snapchat. As mensagens e imagens trocadas eram sempre de cariz sexual. Eventualmente a mulher convidou um dos menores para ir a sua casa com promessas de sexo.

Interrogado pela polícia, um dos alunos contou que perguntou à educadora de infância se podia levar um amigo e que esta respondeu "sim". Os dois menores chegaram a casa e encontraram Heather deitada no sofá em lingerie e fumar um cigarro electrónico. E mulher convidou depois os alunos para o quarto e os três fizeram sexo.

A polícia recebeu uma denúncia anónima e começou a investigar o caso no dia 20 de abril. Depressa chegaram a outros dois alunos menores que admitiram ter tido relações sexuais com Heather Robertson.

Outra vítima contou que a mulher, que é mãe de duas crianças, lhe dizia para fugir de casa pela janela para poderem ter os encontros.

Confrontada pelas acusações de abuso sexual de menores, durante o primeiro interrogatório da polícia, Heather confessou todos os crimes. Justificou as suas acções com o facto de "beber muito" e "estar frequentemente alcoolizada". Disse ainda às autoridades que os menores nunca usaram preservativo porque a mulher já não pode engravidar.

A mulher aguarda agora julgamento e pode enfrentar uma pena de até 20 anos de prisão. Heather já tinha registo criminal por conduzir embriagada.

Ver comentários