Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
2

Erdogan: Turquia tem direito a "defender as suas fronteiras"

Presidente turco diz que apoiará que combater o regime de al-Assad.
24 de Novembro de 2015 às 19:18
Recep Tayyip Erdogan, presidente turco
Recep Tayyip Erdogan, presidente turco FOTO: Reuters

O Presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, considerou esta terça-feira que a Turquia "tem o direito defender as suas fronteiras", após o exército turco ter abatido no final da manhã um avião russo perto da fronteira síria.

"Todo o mundo deve respeitar o direito da Turquia em proteger as suas fronteiras", declarou Erdogan, que reagia publicamente e pela primeira vez ao indecente num discurso no seu palácio presidencial em Ancara.

A Turquia abateu esta terça-feira um avião militar russo acusado de violar o seu espaço aéreo na fronteira com a Síria.

"Condenamos firmemente a intensificação dos ataques contra os turcomanos", sírios turcófonos que combatem o regime de Bashar al-Assad no norte do seu país, acrescentou o Presidente turco.

"Neste setor, existem turcomanos e não o Daesh [acrónimo árabe do grupo extremista Estado Islâmico]", declarou Erdogan, sem mencionar expressamente a Rússia, um dos principais apoiantes do regime sírio.

"Enquanto turcos, sempre apoiámos os nossos irmãos que vivem nesta região e continuaremos a apoiá-los", afirmou Erdogan.

Recep Tayyip Erdogan Turquia ataque avião Rússia distúrbios guerras e conflitos
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)