Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
8

Jornalista assassinado no México. É o terceiro caso desde o início do ano

Diretor do Medios Obson, um meio de comunicação 'online', foi vítima de um ataque armado em Ciduad Obregon, no norte do país.
Lusa 17 de Maio de 2020 às 08:37
Polícia México
Polícia México FOTO: Getty Images
O repórter mexicano Jorge Armenta foi assassinado no sábado no norte do país, assim como um polícia municipal, elevando para três o número de jornalistas mortos no México desde o início do ano, disseram fontes judiciais.

O diretor do Medios Obson, um meio de comunicação 'online', foi vítima de um ataque armado em Ciduad Obregon (norte), no qual um polícia também foi morto e outro ferido, disseram os serviços do procurador local na rede social Twitter.

Jorge Armenta tinha recebido ameaças e estava a beneficiar de um programa de proteção para pessoas ameaçadas, defensores de direitos humanos e jornalistas, disse à agência de notícias France-Presse (AFP) a representante mexicana da organização não-governamental (ONG) Repórteres Sem Fronteiras, Balbina Flores.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)