Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
3

Jovem de 16 anos mata mãe que lhe tirou o telemóvel com dois tiros na cabeça

Crime foi motivado pelo castigo a que a progenitora sujeitou o menor.
Correio da Manhã 27 de Setembro de 2021 às 18:06
Shawn Willis
Shawn Willis FOTO: Direitos Reservados

Shawn Willis tinha 16 anos quando, em abril do ano passado, durante a noite, assassinou brutalmente a mãe com dois tiros na cabeça, no Tennessee, EUA. Na origem do crime está um castigo a que o jovem norte-americano estava sujeito pela progenitora.

O caso chegou agora à barra dos tribunais, depois de Shawn ter confessado ter-se levantado no dia fatídico, roubado a arma da mãe e disparado enquanto esta dormia no quarto. No interrogatório, o norte-americano, hoje com 18 anos, admite que quis matar a mãe porque esta lhe tirnha tirado o telemóvel como castigo.

Logo na altura do crime, o arguido ligou para a namorada a alertar que tinha encontrado a mãe ensanguentada na cama. As histórias a partir daí nunca bateram certo para os investigadores.

"As provas vão mostrar que ele estava zangado com a mãe, Sandy Willis, por o ter castigado e ter-lhe retirado o telemóvel", adiantou o procurador em tribunal.

O jovem, menor na altura do crime, está a ser julgado como um adulto após ter confessado o motivo aos investigadores a cargo do caso, tendo-se dado como culpado.

Tennessee Shawn Willis crime lei e justiça crime lei e justiça crime homicídio
Ver comentários