Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
4

Menina banida de escola por usar vestido de verão "inapropriado"

Pais ficaram chocados quando a escola os informou que a roupa favorita da criança não era permitida.
26 de Maio de 2018 às 13:07
Sadie e Jamie Stonehouse
Sadie e Jamie Stonehouse
Sadie e Jamie Stonehouse
Sadie e Jamie Stonehouse
Sadie e Jamie Stonehouse
Sadie e Jamie Stonehouse
Sadie e Jamie Stonehouse
Sadie e Jamie Stonehouse
Sadie e Jamie Stonehouse
Sadie e Jamie Stonehouse
Sadie e Jamie Stonehouse
Sadie e Jamie Stonehouse

Sadie e Jamie Stonehouse ficaram chocados ao serem notificados pela escola da filha devido ao vestido de verão que Lola usava ser "inapropriado". 

Em causa não estava o comprimento da peça de roupa, mas sim a largura das alças. Lola Stonehouse tem apenas três anos e não consegue perceber por que motivo o seu vestido favorito não é permitido. 

A pré-escola da menina em Winnipeg, no Canadá, alega que aquele vestido é contra a política interna, mas Sadie não se conforma. 

A mãe da pequena Lola contou a um canal de notícias local que a instituição a colocou na posição desconfortável de ter de explicar à menina o motivo de o vestido ser "inapropriado". 

"Ela não vai entender. Vai pensar que talvez tenha feito algo errado, quando ela não fez", explicou Sadie ao canal de notícias dos Estados Unidos CTV News. 

A mãe escreve nas redes sociais que este tipo de comportamentos incentiva a "cultura da violação".



As temperaturas que se faziam sentir na quarta-feira, no Canadá, fizeram Sadie escolher um peça de roupa leve e fresca para a menina levar para a escola. Para a mãe não havia problema algum com o vestido, no entanto, os professores acharam que Lola deveria ter uma camisola vestida por cima deste. 

O diretor da escola em causa disse à CTV News que os funcionários seguem um código no que diz respeito ao que vestem e que esse código é estabelecido pela instituição. Um dos porta-vozes contrariou a versão do diretor e afirmou não terem esse código. 

"Acreditamos em permitir que nossos os líderes escolares usem a discrição e incentivem as melhores práticas de maneira respeitosa", enfatizou o porta-voz. 

Apesar dos pais discordarem do alegado código de conduta, estes devem segui-lo, de acordo com o jornal britânico Mirror

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)