Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
6

Neto de Lula da Silva morreu de infeção hospitalar

Novo exame pericial desmente comunicado do hospital, que referiu a meningite como causa da morte do menino de sete anos.
Domingos Grilo Serrinha e correspondente no Brasil 4 de Abril de 2019 às 01:30
Lula da Silva com o neto, Arthur Araújo
Arthur Araújo, neto de Lula da Silva
Lula da Silva promete provar ao neto morto que não é ladrão
Lula da Silva com o neto, Arthur Araújo
Arthur Araújo, neto de Lula da Silva
Lula da Silva promete provar ao neto morto que não é ladrão
Lula da Silva com o neto, Arthur Araújo
Arthur Araújo, neto de Lula da Silva
Lula da Silva promete provar ao neto morto que não é ladrão
O neto do ex-presidente brasileiro Lula da Silva, que morreu no passado dia 1 de março no Hospital Bartira, em Santo André, cidade vizinha de São Paulo, foi vitimado por uma infeção generalizada e não por meningite, como referiu o hospital.

Ao dar entrada naquele hospital particular, Arthur Araújo Lula da Silva, de sete anos, foi diagnosticado com meningite, mas um novo relatório pericial do caso garante que ele estava com uma infeção generalizada (ou septicemia) provocada pela bactéria Staphylococcus Aureus, que surge na pele e pode entrar na corrente sanguínea por qualquer pequeno ferimento.

O laudo que nega a causa da morte de Arthur avançada pelo Hospital Bartira foi elaborado pelo Instituto Adolfo Lutz, de São Paulo, a partir de sangue recolhido do menino no dia da morte e enviado para aquele instituto pela Secretaria Municipal de Saúde de Santo André.

Em comunicado, a edilidade afirma que exames feitos no próprio hospital no dia da morte de Arthur já tinham afastado a hipótese de meningite, mas o Bartira manteve essa versão.

Até agora, a família de Arthur evitou vir a público envolver-se na polémica sobre a real causa da morte. Arthur era o neto mais próximo de Lula da Silva, que está preso em Curitiba por corrupção e ficou profundamente abalado com a tragédia.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)