Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
2

Serial killer norueguês faz saudação nazi no início de audiência de liberdade condicional

Radical de extrema-direita matou 77 pessoas num atentado na Noruega em julho de 2011.
Correio da Manhã 18 de Janeiro de 2022 às 10:50
A carregar o vídeo ...
Serial killer norueguês faz saudação nazi no início de audiência de liberdade condicional
O assassino em série Anders Behring Breivik fez uma saudação nazi nesta terça-feira ao entrar no tribunal para uma audiência de liberdade condicional que decidirá se ele deve ser libertado depois de passar mais de uma década atrás das grades.

Breivik é um radical de extrema-direita que matou 77 pessoas num atentado na Noruega em julho de 2011. Matou oito pessoas com um carro-bomba em Oslo e depois matou 69, a maioria adolescentes, num acampamento juvenil do Partido Trabalhista, avançou a Reuters.

O assassino apresentou-se no tribunal de cabeça raspada e fez um sinal de supremacia branca com as mãos antes de levantar o braço direito e fazer uma saudação nazi em representação da ideologia de extrema-direita. Além disso, Breivik também levou cartazes, impressos em inglês, incluindo um que dizia "Parem o genocídio contra as nações brancas" e "Guerra Civil Nazi".

Breivik, agora com 42 anos, está a cumprir 21 anos de prisão, a pena máxima da Noruega, que pode ser estendida indefinidamente se ele for considerado uma ameaça à sociedade.

O processo de liberdade condicional vai decorrer durante um máximo de quatro dias num ginásio prisional que serve como um tribunal improvisado. A decisão está prevista para daqui a uma semana. Caso o pedido seja negado, Brevik pode pedir uma nova audiência de liberdade condicional dentro de um ano.


Anders Behring Breivik Noruega crime lei e justiça justiça e direitos massacre terrorismo
Ver comentários
}