Trump oculta detalhes de reuniões com Putin

Presidente proibiu presença de assessores nas reuniões e confiscou notas do intérprete.
Por Ricardo Ramos|14.01.19
O Presidente Donald Trump ocultou dos membros seniores da sua administração detalhes significativos dos seus encontros com o líder russo Vladimir Putin, chegando ao ponto de confiscar as notas do intérprete presente numa dessas reuniões, revelou este domingo o ‘Washington Post’.

De acordo com aquele jornal, os colaboradores mais próximos de Trump e os responsáveis dos vários setores do Departamento de Estado nunca receberam um relato pormenorizado das interações entre o Presidente e o seu homólogo russo, ao contrário do que era norma com os anteriores ocupantes da Casa Branca.

Isso sucedeu em 2017, quando Trump manteve um encontro de mais de duas horas com Putin em Hamburgo, na Alemanha, em que estiveram presentes apenas os dois líderes, os seus intérpretes e os respetivos chefes de diplomacia, Rex Tillerson do lado americano e Sergei Lavrov do lado russo. No final desse encontro, diz o ‘Washington Post’, o Presidente pediu ao intérprete para lhe dar as notas que tirou durante o encontro, enquanto Tillerson fez uma "relato superficial" do que foi discutido aos jornalistas.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!