Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
3

Venezuela denuncia avião norte-americano

Aparelho violou o espaço aéreo nacional.
8 de Novembro de 2015 às 23:19
Presidente da Venezuela Nicolás Maduro
Presidente da Venezuela Nicolás Maduro FOTO: Jorge Silva/Reuters

O Presidente da Venezuela, Nicolas Maduro, afirmou este domingo que um avião norte-americano violou o espaço aéreo venezuelano e anunciou que recorrerá a instâncias internacionais para denunciar as últimas "provocações militares" dos Estados Unidos da América contra o país.

"Vamos denunciar perante todos os organismos regionais e sub-regionais, a União de Nações da América do Sul, a Comunidade de Estados Latino-Americanos e Caribenhos, a Aliança Bolivariana para os povos da América e mais além, na ONU, todas estas provocações novas, inusitadas e extraordinárias contra a Venezuela", disse.

As Forças Armadas Venezuelanas, o Comando Estratégico Operativo e o Estado Maior Conjunto, encontram-se alerta durante as 24 horas do dia, "cuidando do nosso espaço aéreo, do nosso território, da integridade do país", disse, acrescentando estar "informado em tempo real de cada coisa que acontece".

O ministro venezuelano da Defesa, Vladimir Padrino López, denunciou, este domingo, que um avião dos Serviços Secretos dos EUA partiu desde a ilha caribenha de Curaçao e entrou no espaço aéreo venezuelano sem dar informações sobre o voo a Maiquetia, Caracas.

Presidente da Venezuela Nicolas Maduro Estados Unidos da América política Serviços Secretos dos EUA
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)