Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

Cinco militares do GIPS a bordo do helicóptero que caiu ao descolar

Um militar ficou ferido na Pampilhosa da Serra. Aeronave dirigia-se para um incêndio em Proença-a-Nova.
Daniela Vilar Santos 4 de Setembro de 2019 às 11:13
Helicóptero que caiu na Pampilhosa da Serra
Helicóptero que caiu na Pampilhosa da Serra
Helicóptero de combate a incêndios cai na Pampilhosa da Serra
Helicóptero que caiu na Pampilhosa da Serra
Helicóptero que caiu na Pampilhosa da Serra
Helicóptero de combate a incêndios cai na Pampilhosa da Serra
Helicóptero que caiu na Pampilhosa da Serra
Helicóptero que caiu na Pampilhosa da Serra
Helicóptero de combate a incêndios cai na Pampilhosa da Serra
Um helicóptero ligeiro de combate a incêndios rurais caiu esta quarta-feira quando descolava do Centro de Meios Aéreos na Pampilhosa da Serra. A aeronave seguia para o combate a um incêndio na freguesia de Sobreira Formosa e Alvito da Beira, no concelho de Proença-a-Nova.



O alerta foi dado às 10h48. No interior do helicóptero estavam cinco militares do Grupo de Intervenção de Proteção e Socorro (GIPS), um dos quais sofreu ferimentos ligeiros. Segundo o CDOS de Coimbra, o piloto pertence a uma empresa externa.

Para o local foram mobilizados 12 operacionais e cinco viaturas.

De acordo com um comunicado da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil, a aeronave "sofreu danos materiais significativos". Entretanto foi já substituído "por outro meio aéreo da mesma tipologia", a operar no Centro de Meios Aéreos (CMA) da Lousã, no distrito de Coimbra, enquanto são investigadas as causas do acidente.

A Proteção Civil vai abrir um inquérito para apurar as causas da queda de um helicóptero do dispositivo especial de combate a incêndios.

Essas mesmas causas vão ser apuradas pelo Gabinete de Prevenção e Investigação de Acidentes com Aeronaves e de Acidentes Ferroviários, "entidade competente em matéria de investigação de acidentes com aeronaves", explica o comunicado.

Com este acidente, contabilizam-se pelo menos quatro desastres com helicópteros de combate a incêndios durante este ano, depois de se terem registado situações em Tomar, no distrito de Santarém (Castelo do Bode), na barragem do Beliche, no Algarve, e no Sabugal, distrito da Guarda.

Pampilhosa da Serra acidente aéreo helicóptero GIPS CMA
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)