Assassino de Maëlys suspeito de abusar e filmar sobrinhas de quatro e sete anos

Nordhalh Lelandais confessou o assassinato da menina.
Por Lusa|07.12.18

O principal suspeito pela morte da jovem lusodescendente Maëlys de Araújo foi esta sexta-feira constituído arguido num novo processo de abuso sexual de uma menor, no seguimento de um interrogatório feito esta manhã pelos juízes de Grenoble, disse a procuradoria à AFP.

Nordahl Lelandais, segundo várias fontes, é suspeito de abusos sexuais sobre uma prima de 4 anos, a quarta vítima depois da morte de Maëlys de Araujo, do homicídio do militar Arthur Noyer e da violação de uma outra prima criança, com alegadamente sete anos.

O antigo treinador de cães do exército, de 35 anos, está detido na prisão de Saint-Quentin-Fallavier desde 10 de julho, depois de ter passado cinco meses numa unidade psiquiátrica, após a confissão do assassínio, em fevereiro.

 

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!