Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

Bombeiro fica inválido após acidente durante incêndio em Monchique

Liga dos Bombeiros analisa apoio.
Rui Pando Gomes 9 de Janeiro de 2019 às 01:30
João Lopes, 54 anos, sofreu um traumatismo torácico
Veículo de combate dos Bombeiros de Lagos caiu em ribanceira na serra
João Lopes, 54 anos, sofreu um traumatismo torácico
Veículo de combate dos Bombeiros de Lagos caiu em ribanceira na serra
João Lopes, 54 anos, sofreu um traumatismo torácico
Veículo de combate dos Bombeiros de Lagos caiu em ribanceira na serra
O bombeiro de Lagos que ficou ferido depois de sofrer um acidente durante um incêndio, em Monchique, ficou incapacitado para trabalhar e vai ter que fazer um transplante pulmonar.

O acidente ocorreu em julho de 2018, na Portela do Vento. As chamas já estavam controladas mas os bombeiros permaneciam no local em vigilância.

Foi nessa altura que um veículo de combate dos Bombeiros Voluntários de Lagos caiu numa ribanceira na serra, deixando cinco operacionais feridos.

João Lopes, de 54 anos, sofreu um traumatismo torácico e esteve internado. Recebeu alta mas ficou com uma incapacidade de 80% e está dependente de uma máquina de oxigénio, em permanência, enquanto aguarda por um transplante pulmonar.

A seguradora Lusitânia recusou inicialmente assumir as lesões pulmonares como consequência do acidente. No entanto, o CM sabe que foi marcada uma nova consulta de pneumologia para avaliar as lesões.

Ao CM, a Liga dos Bombeiros Portugueses garantiu estar a analisar um pedido de apoio social.

João Lopes e a família preferem, nesta fase, não prestar declarações.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)