Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

‘Burlão das notas de 50’ tem o irmão em fuga

Acusado de burla e crime informático não apareceu no tribunal.
Tânia Laranjo 1 de Março de 2016 às 19:06
Valdemar Castro levado a tribunal após burla. ‘Burlão das notas de 50’(foto pequena) enganou uma centena de comerciantes
Valdemar Castro levado a tribunal após burla. ‘Burlão das notas de 50’(foto pequena) enganou uma centena de comerciantes FOTO: DR
Nélson Castro, irmão do ‘burlão das notas de 50 euros’ que, nos últimos meses, já enganou mais de uma centena de comerciantes, está também fugido à justiça. Nélson deveria começar esta segunda-feira a ser julgado no Tribunal de S. João Novo, mas não compareceu à audiência. O tribunal emitiu mandados para que fosse preso.

Nélson tinha sido detido com o irmão no passado mês de janeiro, quando tentavam burlar o proprietário de um café com uma nota falsa de 50 euros. Foi depois de várias horas de perseguição da GNR de Santa Maria da Feira que os dois familiares foram intercetados. Levados a tribunal, foram libertados.

No Tribunal de S. João Novo, está em causa também um caso de burla. A vítima foi um médico que ficou sem quase 100 mil euros. Nélson terá conseguido entrar em sua casa e roubar-lhe um cartão bancário que permitia o acesso às contas online. Em apenas três dias, levantou quase 100 mil euros da sua conta.

Além de Nélson, está a ser julgado no mesmo processo outro arguido que garante estar inocente. Diz que o ‘amigo’ lhe ofereceu uma viagem, mas entendeu tratar-se do pagamento de uma dívida.

burlão das notas de 50 irmão fuga crime Nélson Castro Santa Maria da Feira