Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

Corrupção no SEF em tribunal

Vinte e um arguidos – entre os quais dois advogados e três agentes da PSP destacados no Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) – acusados de corrupção, auxílio à imigração ilegal e associação criminosa começam a ser julgados a 26 de Setembro, em Lisboa.
16 de Agosto de 2005 às 00:00
A rede, desmantelada pelo SEF numa investigação coordenada pelo Departamento de Investigação e Acção Penal de Lisboa, actuava em todo o País, com recurso a angariadores, e terá legalizado de forma fraudulenta centenas de imigrantes ilegais.
Segundo o ‘Jornal de Notícias’, Abu Salem, o paquistanês acusado pela Índia de envolvimento em atentados terroristas, foi um dos beneficiários da rede. Como todos os outros imigrantes, Abu Salem terá pago cerca de 1500 euros para obter os documentos que lhe permitiam permanecer em Portugal.
O julgamento da rede começa a 26 de Setembro, no Tribunal da Boa-Hora, em Lisboa.
Ver comentários