Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
1

Falso veterinário filmava cães a morrer e divulgava os vídeos na internet

Associação Protetora de Animais da Marinha Grande denunciou o caso e apresentou queixa à PSP.
Correio da Manhã 1 de Outubro de 2019 às 11:09
Cão e gato
Cão
Cão e gato
Cão
Cão e gato
Cão
Um homem fazia-se passar por um veterinário e, depois de adotar animais, filmava-os a morrer e enviava esses mesmos vídeos através da internet. O caso aconteceu na Marinha Grande.

Segundo avança o Jornal de Leiria, a Associação Protetora de Animais da Marinha Grande (APAMG) denunciou o caso e apresentou queixa na PSP dos Marrazes, em Leiria, contra o chamado R.P., que, por vezes, também se apresenta como treinador. 

"Estamos perante uma pessoa que adopta animais, que ‘lhe morrem nas mãos’ (segundo ele) e, em vez de procurar ajuda imediata, filma e envia vídeos dos mesmos", denuncia a associação da Marinha Grande, de acordo com o mesmo jornal.

Esta é a terceira participação feita contra este homem. 

A Associação pede brevidade nas investigações, uma vez que é uma situação de "extrema importância".


Marinha Grande Associação Protetora de Animais da Marinha Grande questões sociais falso veterinário internet
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)