Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

Idoso é sequestrado e roubado dentro de casa em Albufeira

Morador de 82 anos foi amarrado a uma cadeira enquanto o assaltante revirava a moradia.
Rui Pando Gomes e Tiago Griff 14 de Junho de 2018 às 07:56
Assaltante arrombou uma janela da moradia durante a madrugada e surpreendeu o proprietário a dormir
GNR deteve suspeito em flagrante delito
GNR
GNR
Assaltante arrombou uma janela da moradia durante a madrugada e surpreendeu o proprietário a dormir
GNR deteve suspeito em flagrante delito
GNR
GNR
Assaltante arrombou uma janela da moradia durante a madrugada e surpreendeu o proprietário a dormir
GNR deteve suspeito em flagrante delito
GNR
GNR
Um idoso de 82 anos foi sequestrado e roubado dentro da sua própria casa por um assaltante de cara tapada, esta quarta-feira de madrugada, na zona de Vale de Parra, em Albufeira. A Polícia Judiciária está a investigar.

O crime violento terá ocorrido entre as 04h00 e as 05h00, dentro de uma moradia junto à Estrada Municipal 526. Ao que o Correio da Manhã conseguiu apurar, o assaltante arrombou uma janela da casa e atuou com a cara tapada e com luvas nas mãos. O morador terá sido surpreendido a dormir e imediatamente amarrado a uma cadeira com abraçadeiras.

O homem revirou toda a casa à procura de objetos de valor e dinheiro, durante cerca de uma hora. Terá fugido pela porta principal da habitação com aproximadamente 500 euros em dinheiro e ainda várias peças valiosas em ouro, entre elas um anel, uma aliança e uma pulseira. O suspeito, que terá atuado sozinho, levou ainda uma caçadeira e uma pistola que a vítima tinha dentro da casa.

O morador idoso conseguiu libertar-se das abraçadeiras e sofreu ferimentos ligeiros. No entanto, não quis receber tratamento hospitalar.

A GNR foi alertada e o Núcleo de Investigação Criminal de Albufeira foi ativado. No entanto, depois de se perceberem os contornos violentos do crime foi alertada a Polícia Judiciária, que assumiu a investigação.

Os inspetores fizeram esta quarta-feira de manhã perícias na habitação e recolheram vestígios que ajudem a esclarecer o crime.
Ver comentários