Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
3

Mata portuguesa com 53 facadas

Mulher de 45 anos assassinada na passagem de ano. Autor do crime foi agora detido.
Sérgio A. Vitorino 11 de Março de 2015 às 14:50
Mulher prostituía-se para sustentar quatro filhos em Portugal
Mulher prostituía-se para sustentar quatro filhos em Portugal FOTO: Ricardo Cabral

Desentendeu-se com a portuguesa por causa da duração de um encontro sexual, pelo qual o homem, de 33 anos, tinha pago 150 euros. Acabou por assassinar a mulher, de 45 anos, com 53 facadas. Foi agora detido pela polícia francesa.

Tal como o CM já noticiou, o crime ocorreu na noite de Passagem de Ano, em Épinal, no Nordeste de França. O corpo da vítima, cuja identidade não foi divulgada e a comunidade portuguesa desconhece, foi encontrado duas semanas depois. Uma amiga estranhou a sua ausência e descobriu-a em casa.

As 53 facadas atingiram-na no tronco, braços e cara. A faca não foi encontrada, mas a polícia recolheu o ADN do assassino. O homem, desempregado e descrito como solitário, confessou o crime.

Chama-se Yves Chanal e disse ter pago 150 euros por uma hora de sexo. Mas o encontro durou 15 minutos, o que lhe provocou fúria. Após as facadas, queimou os lençóis. A vítima atendia clientes com marcação por telefone. A polícia afirma que se dedicava à prostituição há um ano para sustentar os quatro filhos em Portugal.

morte homicídio crime sexo vítima
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)