Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
9

Menino de 12 anos a tomar conta dos irmãos menores abriu porta à PSP em Bragança após ser abandonado

Mãe viajou de Bragança para Lisboa por "motivos fúteis" e deixou filhos ao cuidado do rapaz mais velho durante cinco dias.
Correio da Manhã 23 de Fevereiro de 2021 às 12:07
Polícia
Polícia FOTO: Nuno Fernandes Veiga
A denúncia de um vizinho que se apercebeu da história de abandono de cinco crianças levou a PSP a bater à porta de uma casa em Bragança onde estavam os cinco menores ao cuidado do rapaz mais velho, de apenas 12 anos. A mãe tinha-se ausentado para realizar uma viagem até Lisboa por "motivos fúteis", segundo a PSP conseguiu apurar.

Ao abrir a porta de casa, a PSP deparou-se com um cenário imundo, revelou aquela força esta segunda-feira. Lixo no chão, desarrumação e restos de comida espalhados por tachos e pratos. Os agentes viriam a encontrar cinco menores, o mais velho com 12 anos, vestidos com pijamas e descalços. As condições de higiene que apresentavam eram débeis.

Durante a ausência da mãe, que já durava há cerca de cinco dias, as crianças eram alimentadas por uma amiga da progenitora que lá levava comida, mas nunca denunciou o caso às autoridades. 

As crianças foram entregues a uma instituição de apoio social e o caso seguiu para a Comissão de Proteção de Crianças e Jovens (CPCJ) de Bragança e os factos remetidos para tribunal.
PSP Bragança Lisboa questões sociais grupos populacionais crianças crime lei e justiça maus-tratos polícia
Ver comentários