Ofendido ouvido na segunda sessão do caso 'Urban Beach' identificou dois dos três arguidos

Julgamento prossegue na manhã de 19 de fevereiro, no Juiz 6, do Campus de Justiça.
12.02.19
  • partilhe
  • 0
  • +
Um dos ofendidos no caso de agressões junto à discoteca Urban Beach em 2017, ouvido esta terça-feira de manhã no julgamento, em Lisboa, identificou dois dos três arguidos como autores do crime, não tendo conseguido identificar o terceiro.

Na segunda sessão do julgamento, a decorrer no Tribunal Central de Lisboa, foi ouvido Magnusson Brandão, que se constituiu assistente no processo, tal como o outro ofendido, André Reis, e relatou as agressões de que alegadamente foi alvo na madrugada do dia 01 de novembro de 2017.

De acordo com o ofendido, o facto de "ter perdido os sentidos várias vezes" dificultou a identificação dos seguranças que o atingiram com "murros, pontapés e chapadas" junto à discoteca Urban Beach, no Cais da Viscondessa, em Lisboa.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!