Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

Operação Marquês: Defesa diz que bataglia não pode ser julgado por crimes arquivados em Angola

Empresário luso-angolano está acusado de cinco crimes de branqueamento e dois crimes de falsificação de documento.
Lusa 26 de Junho de 2020 às 20:48
Hélder Bataglia é arguido no caso Marquês
Defesa do empresário Helder Bataglia
Hélder Bataglia é arguido no caso Marquês
Defesa do empresário Helder Bataglia
Hélder Bataglia é arguido no caso Marquês
Defesa do empresário Helder Bataglia
A defesa do empresário Helder Bataglia entende que o arguido não pode ir a julgamento na Operação Marquês por crimes que já foram investigados e arquivados em Angola e que os factos, as provas e o direito estão a seu favor.

O argumento chave da defesa de Helder Bataglia na Operação Marquês é de que o empresário luso-angolano não pode ser julgado em Portugal por crimes que não foram cometidos em território nacional, mas em Angola, e que as autoridades judiciais arquivaram.

O empresário luso-angolano Helder Bataglia está acusado de cinco crimes de branqueamento e dois crimes de falsificação de documento, abuso de confiança e fiscal qualificada.

Marquês Helder Bataglia Angola crime lei e justiça justiça operação marquês
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)