Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

PJ prende cinco pessoas em casa de alterne

Casal de proprietários e funcionários foram detidos em flagrante, em Felgueiras.
Liliana Rodrigues e Fátima Vilaça 20 de Outubro de 2018 às 06:00
Operação em casa de alterne foi levada a cabo pela Polícia Judiciária de Braga
Polícia Judiciária
Polícia Judiciária
Operação em casa de alterne foi levada a cabo pela Polícia Judiciária de Braga
Polícia Judiciária
Polícia Judiciária
Operação em casa de alterne foi levada a cabo pela Polícia Judiciária de Braga
Polícia Judiciária
Polícia Judiciária
Cinco pessoas, entre as quais o casal proprietário do bar Impetus, na Lixa, em Felgueiras, foram detidos na madrugada desta sexta-feira, numa operação da Polícia Judiciária de Braga.

Em causa estão os crimes de lenocínio e os arguidos foram apanhados em flagrante pelos inspetores.

Ontem à tarde, os arguidos foram presentes ao Tribunal de Marco de Canaveses para serem ouvidos em primeiro interrogatório judicial pelo juiz de instrução criminal.

A investigação decorria há já alguns meses, mas ontem a Polícia Judiciária avançou para a detenção dos suspeitos.

A aparatosa operação não passou despercebida aos moradores daquela zona, em Borba de Godim, já habituados a assistir à intervenção da polícia no estabelecimento de diversão noturna, conotado com a prática de prostituição.

Já em 2014, a PJ tinha detido, no mesmo bar, os mesmos donos, por lenocínio.

Nas traseiras da moradia havia uma espaço reservado, que se mantém, e que já na altura funcionava como local onde as funcionárias, de diversas nacionalidades, praticavam relações sexuais com os clientes a troco de dinheiro.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)