Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Provedora da Justiça usa estimativa de 125 mortos nos incêndios

Valor, que não é final, é superior aos 111 mortos avançados no passado.
2 de Janeiro de 2018 às 19:21
Fogo em Pedrógão Grande
Fogo em Pedrógão Grande
Eucaliptais ardidos na zona de Pedrógão Grande
Fogo em Pedrógão Grande
Fogo em Pedrógão Grande
Eucaliptais ardidos na zona de Pedrógão Grande
Fogo em Pedrógão Grande
Fogo em Pedrógão Grande
Eucaliptais ardidos na zona de Pedrógão Grande
A provedora de Justiça está a trabalhar com uma estimativa de 125 mortos, diretos e indiretos, dos grandes incêndios de 2017.

A informação está a ser avançada pela Renascença, que admite que o valor não é o final, mas é superior aos 111 mortos divulgados oficialmente. ?

É este valor, o superior, que está a ser usado no processo de atribuição de indemnizações aos familiares das vítimas mortais dos fogos que assolaram Portugal em junho e outubro. 


Justiça Renascença Portugal crime lei e justiça justiça e direitos
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)