Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

Traficantes de crianças caçados por teste de ADN

Homem trazia dois menores, de 9 e 15 anos, de Angola.
Cláudia Machado 22 de Dezembro de 2019 às 09:55
Elementos do SEF suspeitaram de homem e detiveram-no por tráfico humano
Elementos do SEF suspeitaram de homem e detiveram-no por tráfico humano FOTO: Lusa
O homem, estrangeiro, levantou suspeitas ao chegar ao Aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa, fazendo-se acompanhar de dois menores, de 9 e 15 anos, alegando serem seus filhos. A suposta família, que acabava de sair de um voo de Angola, chamou à atenção dos inspetores do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) que se dedicam ao combate ao tráfico de seres humanos.

O suspeito foi detido e, por existirem dúvidas quanto à paternidade da criança e do adolescente, o SEF pediu ao Ministério Público do Tribunal de Família e Menores a realização de um teste de ADN. Os resultados foram conhecidos esta sexta-feira e revelaram que o homem não é o pai dos menores.

Os inspetores do SEF detetaram, ainda no curso deste mês, um caso com contornos semelhantes. Mas, desta vez era uma mulher estrangeira que tentava entrar no País, tentando fazer-se passar por mãe de uma criança de 11 anos.

Foi também através de um teste de ADN que ficou comprovado que a mulher não tinha qualquer relação de parentesco com o menor. Assim como o homem, foi detida por fortes indícios da prática dos crimes de auxílio à imigração ilegal e tráfico de seres humanos.

As três crianças foram sinalizadas pelas autoridades como sendo vítimas de tráfico humano. Seguiram todos para uma casa de acolhimento, onde se encontram a receber apoio especializado.

PORMENORES
Sem documentos
No caso do homem que chegou de Angola com dois menores, de 9 e 15 anos, nenhum dos passageiros em causa tinha qualquer documentação que lhe permitisse a entrada em Portugal de forma regular.

Pede proteção
O suspeito pediu a proteção internacional do Estado português, para assim conseguir entrar em território nacional e, por consequência, no Espaço Schengen. Acabou por ser apanhado pelas autoridades.

Testes de ADN
Um teste de ADN começa com a recolha de material biológico dos intervenientes, sendo que as amostras de saliva e de sangue são as mais utilizadas. É feita uma comparação do perfil genético e calculada a percentagem de fiabilidade do teste.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)