Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
1

Há 335 mil doses da vacina contra a gripe

Primeira fase de vacinação privilegia os idosos que estão nos lares, profissionais de saúde e grávidas. Segunda fase arranca a 19 de outubro.
Ana Maria Ribeiro 27 de Setembro de 2020 às 09:26
A carregar o vídeo ...
Primeira fase de vacinação privilegia os idosos que estão nos lares, profissionais de saúde e grávidas. Segunda fase arranca a 19 de outubro.
Arranca amanhã a primeira fase da vacinação gratuita contra a gripe destinada, para já, a idosos institucionalizados, profissionais de saúde e grávidas. De acordo com a diretora-geral da Saúde, Graça Freitas, o Serviço Nacional de Saúde (SNS) tem disponíveis 335 mil doses da vacina. Estas serão administradas pelos enfermeiros dos centros de saúde, que se deslocarão às instituições em dia e hora previamente combinadas.

Numa segunda fase, que arranca a 19 de outubro, serão abrangidas pessoas com 65 e mais anos e todos aqueles que tenham doenças crónicas – grupos que também têm acesso à vacina gratuita.

No caso de haver, conforme se prevê, uma corrida à vacina, há um plano: à semelhança do que aconteceu nos últimos dois invernos, algumas farmácias deverão receber parte das vacinas para que as possam administrar aos idosos. Uma medida que agrada à Ordem dos Farmacêuticos. A bastonária, Ana Paula Martins, diz estar convencida de que se encontrará “forma de financiar esse serviço”. “Nas últimas épocas vacinais contra a gripe, vacinámos os mais doentes que muitas vezes têm dificuldades em deslocar-se aos centros de saúde”, afirmou.

Para a restante população, a vacina pode ser adquirida nas farmácias com prescrição médica. Custa 7,80 euros após a comparticipação de 37%.
Saúde Graça Freitas Serviço Nacional de Saúde SNS medicina preventiva
Ver comentários