Câmara de Lisboa quer mais videovigilância em zonas turística e noturna

Medina referiu a Bica, a Avenida 24 de Julho, a Rua Augusta, o Rossio, Belém, o Martim Moniz ou o Parque das Nações.
Por Lusa|29.11.17
  • partilhe
  • 0
  • +

O presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Fernando Medina, mostrou-se esta quarta-feira favorável ao alargamento da videovigilância a zonas da cidade onde existe maior pressão turística e noturna, medida que, segundo o socialista, mereceu o aval do Governo.

A informação foi avançada pelo presidente na reunião pública do executivo (de maioria socialista), que decorreu esta quarta-feira nos Paços do Concelho, e onde Medina se mostrou favorável ao alargamento da medida que já funciona há três anos no Bairro Alto.

Dando exemplos das áreas para onde esta medida "desejável e prioritária" poderá ser alargada, o presidente da Câmara referiu a Bica, a Avenida 24 de Julho, a Rua Augusta, o Rossio, Belém, o Martim Moniz ou o Parque das Nações.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!