Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
3

Fins de semana sem urgência pediátrica no Hospital de Portimão

Crianças e grávidas transferidas para Faro.
João Mira Godinho 13 de Julho de 2019 às 11:54
Hospital de Portimão tem a urgência pediátrica encerrada
Hospital de Portimão
Hospital de Portimão
Hospital de Portimão tem a urgência pediátrica encerrada
Hospital de Portimão
Hospital de Portimão
Hospital de Portimão tem a urgência pediátrica encerrada
Hospital de Portimão
Hospital de Portimão
Este fim de semana e provavelmente no próximo, o hospital de Portimão vai estar sem urgência pediátrica.

Nesses períodos, crianças e grávidas de risco serão encaminhadas para Faro "ou outra unidade com capacidade para as receber", explica nota interna do Centro Hospitalar Universitário do Algarve (CHUA).

O problema é a falta de pediatras no CHUA, que se arrasta há anos. Já em março de 2018, uma equipa de anestesistas teve de reanimar um bebé, após complicações no parto, por falta de pediatras.

E, desde o início de junho deste ano, a Maternidade do hospital de Portimão tem tido vários dias sem funcionar, pelo mesmo motivo.

"A nossa expectativa é de que a partir do final de julho consigamos responder à escala sem dificuldades. Os dias deste fim de semana e do próximo [20 e 21] são ainda períodos complicados para nós", disse ontem a ministra da Saúde.

Também esta sexta-feira ficou a saber-se que o CHUA pediu 20€/dia, por um quarto, a um anestesista que se candidatou para trabalhar no Algarve, durante o verão. Isto quando o concurso prometia alojamento gratuito.

A Administração Regional de Saúde do Algarve explicou que o médico devia ter-se dirigido a essa entidade e não ao CHUA.

No âmbito do programa de mobilidade temporária, só dois médicos se candidataram para o Algarve, este verão.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)