Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
5

Conheça a história de Matilde, a bebé esperança que mostrou a força solidária de um País

Menina comoveu o país que se uniu para ajudar a família a comprar remédio que custa dois mil euros.
Francisca Genésio 10 de Julho de 2019 às 21:21
A carregar o vídeo ...
Menina comoveu o país que se uniu para ajudar a família a comprar remédio que custa dois mil euros.

Matilde foi diagnosticada com atrofia muscular espinhal um mês e meio depois de nascer. A situação desta bebé comoveu o País que se juntou em prol da vida desta menina. No Investigação CM desta quarta-feira contamos-lhe todos os pormenores da história desta bebé esperança.

Carla e Miguel construíram uma família. A Thaís, de 11 anos, e que é filha de uma relação anterior de Carla, veio juntar-se Rodrigo, que tem agora 18 meses. O casal fazia planos para, no futuro, ter mais uma menina. Só não a esperava tão cedo.

Carla descobriu que estava grávida de Matilde, a bebé com que sonhava, quando Rodrigo tinha apenas meio ano. Apesar da surpresa, Matilde foi sempre uma filha muito desejada e tudo correu bem durante a gravidez. Todas as ecografias e exames de rotina descansavam os pais. Nada levava a crer que Matilde podia ser diferente.

Matilde nasceu de parto normal de 12 de abril deste ano. Os primeiros exames, à recém-nascida, não levantaram qualquer suspeita. Só ao fim de duas semanas é que os pais repararam que algo não estava bem. Matilde engasgava-se muito durante a amamentação, não comia o suficiente e até o próprio choro parecia fraco.

Inicialmente, a família entrou em negação. Agarravam-se à esperança de que tudo não passava de um mal-entendido, até que o instinto falou mais alto. Durante as consultas de rotina, Carla e Miguel insistiam com os médicos e enfermeiros. Sabiam que algo se passava e precisavam de respostas.

Matilde tinha pouco mais de um mês quando, numa consulta de rotina, um enfermeiro decidiu encaminhar a menina para o hospital de São Francisco Xavier, em Lisboa. Há uma semana que a bebé não aumentava de peso e cada vez era mais certo que a realidade seria difícil de encarar.

O diagnóstico chegou como uma bomba. Matilde sofre de atrofia muscular espinhal do tipo 1 – a forma mais grave da doença. O peso da expressão "doença rara" abateu-se durante a família, mas depressa o medo se tornou força.

Carla e Miguel decidiram dar a conhecer ao país a história de Matilde, uma bebé especial, e nas redes sociais, mais de 220 mil pessoas acompanham diariamente a recuperação da menina, que entretanto foi internada no hospital de Santa Maria, em Lisboa. O poder das redes sociais não serviu apenas para acarinhar a família.

Os pais descobriram que um medicamento inovador, considerado o mais caro do mundo e que custa dois milhões de euros, pode significar a cura para Matilde. Multiplicaram-se os apelos e, em menos de duas semanas, os portugueses ultrapassaram o valor necessário para o tratamento.

Mobilizaram-se para salvar a vida de Matilde, e agora, todos esperam o dia em que uma bebé especial possa ter uma vida normal.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)