Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
6

Marcelo demarca-se do modelo das comemoração do 1.º de Maio

"Confesso que quando pensei na regra pensei numa cerimónia mais simbólica, mais restritiva, menos ampla", disse o PR.
Lusa 4 de Maio de 2020 às 12:16
Marcelo Rebelo de Sousa
Marcelo Rebelo de Sousa FOTO: Lusa
O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, reconheceu hoje que tinha uma ideia "mais simbólica" para se assinalar o 1.º de maio quando abriu a porta à comemoração da data na última renovação do estado de emergência.

"A minha ideia era mais simbólica e mais restritiva. Não era desta dimensão e deste número", declarou o chefe de Estado, falando em entrevista por telefone à Rádio Montanha, da ilha do Pico.

E prosseguiu: "Confesso que quando pensei na regra pensei numa cerimónia mais simbólica, mais restritiva, menos ampla, do tipo da cerimónia do 25 de abril".

Marcelo Rebelo de Sousa política coronavírus 1 de maio co
Ver comentários