Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
4

Meningite assusta cidade beirã

Infeção fulminante matou Pedro Lopes em poucas horas.
Tiago Virgílio Pereira 28 de Outubro de 2015 às 01:30
No domingo, Pedro Lopes deu entrada no Centro de Saúde de Oliveira do Hospital com febre alta. Acabou por morrer poucas horas depois, em Coimbra
No domingo, Pedro Lopes deu entrada no Centro de Saúde de Oliveira do Hospital com febre alta. Acabou por morrer poucas horas depois, em Coimbra FOTO: Nuno André Ferreira
Uma infeção generalizada da corrente sanguínea, provocada por uma bactéria conhecida como meningococo, que pode causar meningite, foi a responsável pela morte de Pedro Lopes, de 15 anos, natural de Oliveira do Hospital. Como medida preventiva, foi administrado antibiótico a 48 pessoas, sobretudo a familiares diretos e colegas da turma, da Escola Profissional de Oliveira do Hospital. No domingo, Pedro entrou no centro de saúde da cidade com febre elevada, tendo sido encaminhado para o Hospital Pediátrico de Coimbra. O óbito foi declarado pelas 23h00.

Segundo Eugénio Cordeiro, delegado de saúde adjunto regional do centro, "a infeção foi fulminante e o jovem não reagiu ao tratamento". "O hospital tudo fez para salvar a vida do jovem", frisou. Esta terça-feira, Pedro Lopes foi a sepultar no cemitério de Nogueira do Cravo, de onde era natural.

Dezenas de familiares, colegas e professores da Escola Profissional de Oliveira do Hospital choraram a morte do jovem, que apelidaram de "prestável, humilde e lutador".
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)