Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
9

"O cenário era terrível": Bombeiro explica tragédia de menino que morreu nos braços do pai em Benavente

Vizinha estava a efetuar manobras de reanimação quando os bombeiros chegaram.
Correio da Manhã 15 de Fevereiro de 2021 às 10:32
A carregar o vídeo ...
"O cenário era terrível": Bombeiro explica tragédia de menino que morreu nos braços do pai em Benavente
José Nepomuceno, comandante dos bombeiros de Benavente, explicou esta segunda-feira ao Correio da Manhã como se deu a tragédia do menino de três anos que morreu nos braços do pai em Benavente

A criança foi operada às amigdalas na passada sexta-feira e terá sofrido complicações. No domingo de manhã começou a sofrer uma hemorragia e os bombeiros foram acionados cerca das 11h52. 

O menino entrou em paragem cardiorrespiratória antes de os bombeiros chegarem, tendo uma vizinha procedido a manobras de reanimação. À chegada, os bombeiros continuaram a efetuar as manobras no sentido de reverter a paragem cardiorrespiratória, porém sem sucesso. A morte foi declarada no local.

José Nepomuceno descreveu um "cenário terrível" após a criança ter morrido nos braços do pai. Os pais e um irmão mais velho assistiram ao episódio traumático e tiveram de ser assistidos e acompanhados por uma equipa de psicólogos do INEM.

O caso está em investigação pelas entidades competentes, concluiu o comandante dos bombeiros.
José Nepomuceno Benavente acidentes e desastres saúde
Ver comentários