Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade

OM diz que "política prevaleceu sobre esfera técnica" no novo curso de Medicina na Católica

Organismo alerta para problemas que "colocam em causa a qualidade do curso".
Lusa 2 de Setembro de 2020 às 20:53
Ordem dos Médicos
Ordem dos Médicos FOTO: Tiago Sousa Dias
A Ordem dos Médicos defendeu esta quarta-feira que a acreditação do curso de Medicina da Universidade Católica Portuguesa revela que a "esfera política prevaleceu sobre a esfera técnica", alertando para problemas que "colocam em causa a qualidade do curso".

"Tendo em consideração o condicionamento político prévio a que se assistiu nos últimos meses, e que oportunamente a Ordem dos Médicos lamentou, a decisão foi ao encontro do que era esperado, com a esfera política a prevalecer sobre a esfera técnica", refere a Ordem dos Médicos (OM), em comunicado.

No primeiro pedido de acreditação feito pela Universidade Católica (UCP), há cerca de dois anos, a OM foi uma das duas entidades que deram parecer negativo ao novo curso.

OM Medicina na Católica Universidade Católica Ordem dos Médicos saúde
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)